A BLINDAGEM EMOCIONAL E A INTERVENÇÃO DA ORGONOTERAPIA

"Amor, trabalho e conhecimento são as fontes de nossa vida.Eles também deveriam governá-la. " W. Reich
A Orgonoterapia propociona mudanças ao corpo de uma pessoa, bem como seus sentimentos e valores. Quando se afrouxa a blindagem, as pessoas dão lugar a um crescente fluxo de energia através de todas as partes de suas vidas. Naturalmente, esta vitalidade anima a sexualidade . As pessoas desenvolvem fortes sensações sexuais, mais profundo contato emocional com os parceiros, mais expressividade física e emocional, racional e um sentido de proteção desta vitalidade. Progressos na sexualidade ocorre ao longo de toda as pessoas em função de níveis mais elevados de forma gradual. Ótimo sexo faz parte de ótima saúde. Ambos prosperam no aumento da capacidade de sentir amor profundo, e ceder à intensa sensações eróticas, levando a convulsões involuntárias do corpo inteiro - e gratidão amorosa. A função do orgasmo é a descarga do excesso de energia. Embora a Orgonoterapia visa uma abordagem abrangente para a sexualidade, correções rápidas são por vezes possíveis, para deleite de todos. A BLINDAGEM EMOCIONAL Nós estamos doentes por causa da maneira que crescemos. Quando as crianças segura as expressões "inaceitáveis" ou emoções dolorosas, devem contrair os músculos que se manifestaram nesses sentimentos. Quando se torna habitual a couraça emocional, está instalada. Então, sem a liberação emocional, a ansiedade crônica se ajusta internamente. A "menina boazinha", que nunca fica com raiva e o "corajoso, garoto forte", que nunca demonstra medo e tristeza, ambos perderam a expressão plena e racional das emoções naturais, músculos rígidos e atitudes mantidas, evitando de sentir a emoção intensa e sensações de órgãos. O resultado da blindagem esta embotamento emocional, dormência, sofrimento, culpando os outros, e destrutividade. Se perde percepção, pensamento, sentimentos e auto-expressão. Põe em risco a saúde geral, restringindo o fluxo de energia vital e do sangue para os tecidos mais necessitados. A  couraça emocional é crucial, fator ignorado em saúde. A energia esta presa na blindagem, mas também consome energia para manter a contração. Com a liberação da couraça, a energia está disponível para nova vida, o trabalho e o amor. A CIÊNCIA A Orgonoterapia tem suas raízes na biologia e biofísica. Wilhelm Reich descobriu que a libido de Freud é uma energia biológica específica. Seus anos de pesquisa clínica e laboratorial revelou que emoções, sentimentos sexuais, e todos os processos de vida são expressões do que ele chamou de energia orgone (energia do organismo). Reich mostrou que o prazer envolve o movimento externo de energia, enquanto o medo e a miséria são sentidas quando a energia se move para trás em direção ao núcleo do organismo. O deslocamento entre o prazer expansivo e a contração da ansiedade, reflete o real alongamento e encurtamento de fibras do sistema nervoso autônomo. A expansão é uma função parassimpática, e a  contração uma função simpática. Esta vazante e o fluxo saudável constitui a pulsação dos organismos naturais. Com blindagem emocional, a pulsação dá lugar à contração crônica. Os desequilíbrios químicos também resultam da couraça, nós suspeitamos, porque eles tendem a normalizar quando a terapia progride, permitindo a redução gradual da medicação.

A BLINDAGEM EMOCIONAL E A

INTERVENÇÃO DA ORGONOTERAPIA

"Amor, trabalho e conhecimento são as fontes de nossa vida.Eles também deveriam governá-la. " W. Reich
A Orgonoterapia propociona mudanças ao corpo de uma pessoa, bem como seus sentimentos e valores. Quando se afrouxa a blindagem, as pessoas dão lugar a um crescente fluxo de energia através de todas as partes de suas vidas. Naturalmente, esta vitalidade anima a sexualidade . As pessoas desenvolvem fortes sensações sexuais, mais profundo contato emocional com os parceiros, mais expressividade física e emocional, racional e um sentido de proteção desta vitalidade. Progressos na sexualidade ocorre ao longo de toda as pessoas em função de níveis mais elevados de forma gradual. Ótimo sexo faz parte de ótima saúde. Ambos prosperam no aumento da capacidade de sentir amor profundo, e ceder à intensa sensações eróticas, levando a convulsões involuntárias do corpo inteiro - e gratidão amorosa. A função do orgasmo é a descarga do excesso de energia. Embora a Orgonoterapia visa uma abordagem abrangente para a sexualidade, correções rápidas são por vezes possíveis, para deleite de todos. A BLINDAGEM EMOCIONAL Nós estamos doentes por causa da maneira que crescemos. Quando as crianças segura as expressões "inaceitáveis" ou emoções dolorosas, devem contrair os músculos que se manifestaram nesses sentimentos. Quando se torna habitual a couraça emocional, está instalada. Então, sem a liberação emocional, a ansiedade crônica se ajusta internamente. A "menina boazinha", que nunca fica com raiva e o "corajoso, garoto forte", que nunca demonstra medo e tristeza, ambos perderam a expressão plena e racional das emoções naturais, músculos rígidos e atitudes mantidas, evitando de sentir a emoção intensa e sensações de órgãos. O resultado da blindagem esta embotamento emocional, dormência, sofrimento, culpando os outros, e destrutividade. Se perde percepção, pensamento, sentimentos e auto-expressão. Põe em risco a saúde geral, restringindo o fluxo de energia vital e do sangue para os tecidos mais necessitados. A  couraça emocional é crucial, fator ignorado em saúde. A energia esta presa na blindagem, mas também consome energia para manter a contração. Com a liberação da couraça, a energia está disponível para nova vida, o trabalho e o amor. A CIÊNCIA A Orgonoterapia tem suas raízes na biologia e biofísica. Wilhelm Reich descobriu que a libido de Freud é uma energia biológica específica. Seus anos de pesquisa clínica e laboratorial revelou que emoções, sentimentos sexuais, e todos os processos de vida são expressões do que ele chamou de energia orgone (energia do organismo). Reich mostrou que o prazer envolve o movimento externo de energia, enquanto o medo e a miséria são sentidas quando a energia se move para trás em direção ao núcleo do organismo. O deslocamento entre o prazer expansivo e a contração da ansiedade, reflete o real alongamento e encurtamento de fibras do sistema nervoso autônomo. A expansão é uma função parassimpática, e a  contração uma função simpática. Esta vazante e o fluxo saudável constitui a pulsação dos organismos naturais. Com blindagem emocional, a pulsação dá lugar à contração crônica. Os desequilíbrios químicos também resultam da couraça, nós suspeitamos, porque eles tendem a normalizar quando a terapia progride, permitindo a redução gradual da medicação.
Informativo Saúde Emocional